03/04/2012

Voluntários, parceiros e comunidade escolar discutem a Cultura da Paz

Atividades que começaram em Curitiba, no último dia 23, agora acontecem também na região de Cascavel, no oeste do estado

As oficinas do "Paz Tem Voz" nas escolas já têm abrangência estadual. Depois da primeira atividade da campanha –  realizada no dia 23 de março no Centro de Aprendizagem e Integração de Cursos (CAIC) Cândido Portinari, no bairro Caiuá, na Cidade Industrial de Curitiba – nos dias 27 e 28 foi a vez do Colégio Estadual Interlagos, localizado no bairro Interlagos, em Cascavel.

Colaboradores do Voluntariado GRPCOM da RPCTV, juntamente com a equipe do Programa de Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) da Polícia Militar, falaram sobre drogadição e suas consequências. A atividade alcançou quase mil adolescentes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, nos dois dias de evento.

Para o voluntário Rafael dos Santos, “todos podem e devem fazer a diferença”. “Não devemos desistir de lutar por essas crianças e adolescentes, penso que não é impossível reverter essa situação. Mas é necessário o envolvimento de políticas sociais junto às famílias e um trabalho de conscientização sobre os malefícios que trazem o uso das drogas e da violência”, conta.

A programação do projeto “Paz Tem Voz” continua nesta semana, novamente em Curitiba. Na próxima quarta-feira (04), o Colégio Estadual Xavier da Silva, no centro da cidade, receberá as atividades do projeto. Além deste, outros nove colégios estaduais de Curitiba e região irão participar do projeto, até o início de junho.
 

 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.