03/09/2010

Universidade Positivo inicia trabalho com Pequeno Cotolengo

Parceria faz parte do projeto Serviços e Cidadania. Objetivo é elaborar o balanço social da ONG.

 
Nesta semana, os alunos da Escola de Negócios e da Agência Practice, da Universidade Positivo (UP), estiveram na Pequeno Cotolengo do Paraná, uma associação civil sem fins lucrativos que desenvolve atividades de promoção humana desde 1965. A visita foi a primeira da parceria estabelecida entre a UP e o Cotolengo pelo projeto Serviços e Cidadania, do Instituto RPC, que visa o desenvolvimento das entidades sociais paranaenses.
 
Na oportunidade, os alunos visitaram as instalações, entraram nas casas-lares, conversaram com os internos, conheceram as atividades desenvolvidas e tiraram fotos. De acordo com a professora Marjori Lima, da Escola de Negócios da Universidade, a visita foi para ter uma ideia do que é o Pequeno Cotolengo, sentir a instituição.
 
“Está tudo bem bonitinho, eles estão reformando os espaços e, para isso, usando mão-de-obra dos detentos do presídio de Piraquara. É outra realidade, todo mundo ouve falar do Cotolengo, mas estar lá, principalmente para os alunos, é uma experiência diferente”, conta a professora.
 
Segundo Marjori, todos ficaram encantados com o trabalho da instituição, a ponto de revelarem nem saber quem é que está sendo ajudado: se é a ONG que vai receber o serviço, ou se são os próprios alunos voluntários.
 
Por isso, não falta motivação com o serviço que será oferecido de forma gratuita. A ideia é prestar apoio contábil a fim de elaborar o balanço social da entidade, uma ferramenta que poucas instituições do Terceiro Setor têm. “Será um trabalho importante, porque não comprometeremos o financeiro deles”, afirma ela, que finaliza: “Dá gosto colaborar quando a gente vê as coisas transformarem”.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.