27/10/2011

Seminário Ler e Pensar de Educação e Leitura premia professores

Evento no Teatro Guaíra, em Curitiba, fechou com chave de ouro o ano mais importante e especial da história do projeto Ler e Pensar

 
Foi uma noite de gala. Cheia de emoções, surpresas, reconhecimento e muita reflexão. Tudo para valorizar o esforço dos professores, escolas e secretarias municipais de educação participantes do projeto Ler e Pensar, o primeiro e mais importante projeto de responsabilidade social do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM).
 
Noites como a de ontem, de premiação daqueles que procuraram estimular o hábito da leitura de jornais e ajudar a comunidade escolar a compreender a importância da informação no processo de ensino-aprendizagem, construção do conhecimento e formação de crianças e jovens para o exercício pleno da cidadania – os objetivos do Ler e Pensar – já são tradição do projeto. Nenhuma, entretanto, foi tão especial. Afinal, o ano de 2011 ficará marcado na história do Instituto GRPCOM e da Gazeta do Povo como o ano da consolidação e do reconhecimento internacional de um trabalho que já vem sendo realizado há 12 anos, antes mesmo de o Instituto existir.
 
“Estamos no caminho certo, temos muito orgulho disso e queremos compartilhar essas conquistas com vocês, que estão na sala de aula, e que são os responsáveis por fazer com que esse projeto de fato aconteça”, disse Clarice Lopez de Alda, diretora-executiva do Instituto GRPCOM em seu discurso de boas-vindas. Ela se referiu aos recentes prêmios e menções recebidos pelo Ler e Pensar, em especial o 63º Prêmio Mundial Jovens Leitores, da Associação Mundial de Jornais, na categoria Jornal na Educação, que elegeu o Ler e Pensar o melhor programa de jornal e educação do mundo.
 
Além de comemorar o ótimo ano e reconhecer as boas práticas, o evento no Teatro Guaíra teve também cultura – o monólogo “Sou professor, e daí?”, do ator e diretor Giovanni Cesconetto, do Teatro Parque da Criança – e uma entrevista inspiradora que o renomado educador português José Pacheco, da Escola da Ponte, concedeu ao jornalista José Carlos Fernandes, da Gazeta do Povo. “A fala dele (José Pacheco), pra mim, foi como um refrigério; veio renovar na gente aquilo que a gente já aprendeu e que não pode esquecer”, afirmou o jornalista. Confira aqui a entrevista
 
Ambas as atrações foram muito elogiadas pelos mais de 1.900 professores, que ficaram impressionados com a produção do evento – algo parecido com uma entrega de Oscar. Para cada uma das três categorias premiadas, os impecáveis apresentadores Everton Renaud e Fernanda Martins, da equipe do Instituto GRPCOM, anunciavam não só os vencedores, mas também os outros finalistas – o que contribuía para um charmoso clima de suspense na plateia, logo transformado em comemorações exaltadas, cheias de emoção e felicidade.
 
De acordo com Fernanda, que integra a equipe do IGRPCOM desde o início do ano, “apresentar o evento e representar o Ler e Pensar no palco foi muito emocionante, pois pude sentir de perto e ver nos olhos dos professores a satisfação pelos trabalhos reconhecidos”. Everton concorda: “A sensação é quase indescritível”, conta. “Foi arrepiante ver a emoção das pessoas e poder dar a todos os professores esse presente que eles merecem muito”, descreveu ele.
 
Para completar as surpresas da noite, o comitê de avaliação dos trabalhos do Concurso Cultural Ler e Pensar decidiu criar uma categoria a mais. Assim, foi possível entregar à Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande do Sul, vencedora nas edições anteriores do concurso, a premiação Hors-Concours, indicando que a secretaria superou todos os critérios de avaliação ao apresentar, mais uma vez, um trabalho de excelente qualidade. O prêmio foi entregue pela diretora da Gazeta do Povo, Ana Amélia Filizola. 
 
Os patrocinadores do projeto Ler e Pensar também foram valorizados ao longo de todo o evento, bem como os padrinhos sociais e o Conselho de Educação do projeto. Foram eles os responsáveis por entregar os prêmios aos vencedores das demais categorias do Concurso:
 
Categoria Compromisso Ler e Pensar
Secretaria Municipal de Educação de Almirante Tamandaré
Secretaria Municipal de Educação de Curitiba
Secretaria Municipal de Educação de Piên
 
Categoria Mobilização Ler e Pensar
Escola Municipal Bortolo Lovato, de Almirante Tamandaré
Escola Municipal Ulisses Guimarães, de Campina Grande do Sul
Escola Rural Municipal de Gramados, de Piên
 
Categoria Prática Pedagógica Ler e Pensar
Professora Eliane Hornes Borges (E.M Professor Gabriel Prestes, Palmeira)
Professora Janisse Córdova Dornelas da Costa (E.M. Wenceslau Braz – Curitiba)
Professora Roseli Vicentin (E.M. Antonio José de Carvalho – Campina Grande do Sul)
 
 
 
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.