13/11/2013

Seminário de Educação & Leitura do Ler e Pensar traz Eduardo Bueno

Escritor é o convidado especial da 10ª edição do evento cultural para professores e estudantes

Os eventos voltados para professores e estudantes que participam do projeto Ler e Pensar do Instituto GRPCOM e Gazeta do Povo, estão chegando. Momentos de integração, de troca de conhecimento e de premiações do Concurso Cultural 2013 serão proporcionados nos dias 25 e 26 de novembro, no Teatro Guaíra, em Curitiba. Inspirada no tema “Era uma vez no Paraná”, a ideia deste ano é valorizar a cultura do Estado, relembrando a História, revisitando as lendas e passeando pelo conhecimento da região.

A 10.ª edição do Seminário de Educação & Leitura para professores, cujo objetivo é valorizar a leitura e o exercício da cidadania, traz como convidado o escritor e jornalista Eduardo Bueno, autor da coleção Terra Brasilis, sobre a História Colonial do Brasil, que se tornou um dos maiores fenômenos editoriais do país. Além da palestra, a programação do dia 25 contará com a premiação dos vencedores do Concurso Cultural 2013 nas categorias para professores, escolas e secretarias.

A gerente do Instituto GRPCOM, Ana Gabriela Borges, explica que a cada ano é convidado um educador ou especialista para abordar questões relativas à educação, à cultura e ao conhecimento. Edições anteriores contaram com a presença de Domingos Pellegrini, Moacir Scliar, Gabriel O Pensador, Tânia Zagury, Geraldo Peçanha de Almeida e José Pacheco. Na última edição, o educador Marcos Meyer participou do evento.

Confira fotos do evento realizado em 2012

No dia 26, a atividade cultural será voltada aos estudantes e dividida em dois períodos (manhã e tarde). Uma peça teatral divertida e cultural envolvendo as lendas paranaenses será encenada no Teatro Guaíra sob a direção do Teatro Parque da Criança. No mesmo dia, também serão reconhecidos os vencedores do Concurso Cultural para estudantes nas quatro diferentes categorias: Ilustrador Mirim, Cartunista Mirim, Redator Júnior e Repórter Teen.

Metodologia e resultados

O Ler e Pensar é um projeto de incentivo à leitura e cidadania que contribui com a formação de educadores, crianças e jovens no Paraná por meio da mídia jornal e da educação. A metodologia de uso do jornal proposta pelo Ler e Pensar é reconhecida pelo Movimento Nós Podemos Paraná desde 2010 por contribuir com o objetivo 2 – Educação Básica de qualidade para todos, uma das metas do milênio estabelecidas pela Organização das Nações Unidas.

Exemplo de um projeto bem sucedido e referência no Programa de Jornal e Educação para a ANJ (Associação Nacional de Jornais), o Ler e Pensar é desenvolvido pelo Instituto GRPCOM desde 1999 e já beneficiou mais de 700 mil estudantes e seis mil professores, em 54 diferentes municípios paranaenses.

Sobre o palestrante

Eduardo Bueno é escritor, jornalista, editor e tradutor. Foi apresentador e comentarista de programas especiais no canal History, antes chamado de History Channel, cuja programação é focada essencialmente em conteúdos de teor histórico e científico. Posteriormente, passou a apresentar “pílulas históricas” extraídas do livro Brasil: Uma História. Como jornalista, trabalhou nos principais jornais, revistas e tevês do país, entre as quais Rede Globo, TV Manchete,TV Cultura, TVE-RS. Foi um dos criadores do Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo e também editor-chefe do jornal Zero Hora de Porto Alegre. Também foi o idealizador, roteirista e apresentador da série É muita história, levada ao ar pelo programa Fantástico, da TV Globo. Além disso, recebeu o Prêmio Jabuti – 1999 na categoria Ciências Humanas por A Viagem do Descobrimento. É autor da coleção Terra Brasilis, sobre a História Colonial do Brasil, que se tornou um dos maiores fenômenos editoriais do país uma vez que os três primeiros volumes – A Viagem do Descobrimento, Náufragos, Traficantes e Degredados e Capitães do Brasil – venderam 1 milhão de exemplares, fato até então inédito na área de História.

O escritor tornou-se o primeiro autor brasileiro a possuir quatro títulos entre os cinco primeiros livros nas listas de mais vendidos dos principais jornais e revistas do país. Como tradutor, traduziu o clássico On the Road/ Pé na Estrada, de Jack Kerouac, que marcou a estreia da chamada literatura beat no Brasil, com 30 anos de atraso. Atualmente, está envolvido em cinco projetos editoriais.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.