23/09/2010

Região de Curitiba é uma das que mais polui o ar no país

Dados relativos à qualidade do ar são preocupantes para os curitibanos.

*Aniele Nascimento / Gazeta do Povo

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou no início do mês o estudo “Indicadores de Desenvolvimento Sustentável”, que revelou que, embora a concentração média de poluentes no ar seja inferior em Curitiba e Região Metropolitana (em comparação com São Paulo e Rio de Janeiro), a região da capital paranaense é uma das campeãs em picos de emissão de poluentes. Curitiba foi a que mais violou os limites tolerados de poluição atmosférica nos últimos anos.

Seis tipos de poluentes diferentes são analisados pela pesquisa. De acordo com o IBGE, quando a concentração ultrapassa os padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), isso pode afetar diretamente a saúde da população.
 
Em 2008, por exemplo, a Região de Curitiba marcou 41 violações de PTS (poeira), contra 12 na região do Rio de Janeiro e quatro em São Paulo. Na série histórica do dióxido de enxofre, que pode causar chuva ácida, Curitiba chegou a registrar 13 violações em 2005. Outras regiõ­­es metropolitanas analisadas não passaram de três violações ao ano.
 
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.