17/08/2011

Projeto Ler e Pensar participa de Encontro Nacional de educomunicadores na Bahia

Começa hoje e vai até sexta-feira, em Salvador (BA), o Encontro Nacional de Coordenadores do PJE (Programa Jornal e Educação) da ANJ (Associação Nacional de Jornais).

*Com informações da ANJ

Começou hoje e vai até a próxima sexta-feira, em Salvador-BA, o Encontro Nacional de Coordenadores do Programa Jornal e Educação (PJE), promovido pela Associação Nacional de Jornais (ANJ). Criado em 1992, o Programa visa a troca de experiências e de conteúdos dentro do escopo de trabalho da educomunicação. No Encontro, além das palestras e mesas-redondas, os participantes participam de oficinas e conhecem projetos de todo o país acerca da relação mídia e educação, além de se atualizarem em termos de notícias de outros PJEs do mundo inteiro.

Na tarde de hoje, além da exposição de projetos – entre eles o premiado Ler e Pensar, pela equipe do Instituto GRPCOM que está lá na Bahia –  será realizada uma tarde temática sobre "Políticas Públicas" com representantes da área de Livro e Leitura do Minc (Ministério da Cultura), da SEFIC (Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura do Minc), e do Mais Educação do MEC (Ministério da Educação). As palestras serão seguidas de debate. Na foto acima, da mesa de abertura oficial, Cristiane Parente, Luciane Alcântara e o Prof. Edvaldo Boaventura.

Para encerrar o evento, no dia 19, haverá uma palestra sobre "Cultura Digital" com Nelson Pretto, da UFBA (Universidade Federal da Bahia), e Priscila Gonzales, da Fundação Telefônica. Durante os dias do evento, os participantes farão visitas técnicas ao jornal local A Tarde, à Cipó Comunicação, e à Escola OI Kabum de Arte e Tecnologia. 

Expectativas

Para a jornalista Cristiane Parente, coordenadora do PJE, o encontro é um momento de aprendizagem colaborativa, em que são trocados materiais, dicas, experiências e afetos, e os participantes podem reafirmar o compromisso com a formação de leitores-cidadãos. "É gratificante saber que nosso trabalho tem contribuído na formação não só de mais leitores, mas de mais leitores e autores críticos, autônomos; é bom saber que muitos de nossos coordenadores espalhados pelo Brasil estão fazendo a diferença na vida de estudantes e escolas", afirmou

Everton Renaud, da equipe do projeto Ler e Pensar, diz que o mote principal mesmo do Encontro é a troca de experiências entre os participantes. "Isso qualifica e unifica os trabalhos de jornal e educação em todo o Brasil", diz ele – com a autoridade de quem tem ajudado a construir a história de um dos mais importantes projetos do Brasil, o Ler e Pensar, que recentemente foi reconhecido com um prêmio internacional da Associação Mundial de Jornais.

Talita Moretto, que coordena o Projeto Vamos Ler desenvolvido desde 2008 pelo Jornal da Manhã de Ponta Grossa (PR), acredita que esses encontros são sempre muito ricos. “Nosso trabalho não pode e nem deve ser isolado. Acredito no crescimento quando há interação, quando um, com o seu conhecimento, pode agregar no trabalho do colega, e juntos colocarmos os programas jornal e educação em pauta dando visibilidade à importância e relevância de nosso trabalho na educação dos jovens". 

Abaixo, a equipe do Instituto, junto com os outros coordenadores do PJE:


 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.