16/08/2011

O fator consumo consciente da responsabilidade social

Post de ontem do blog Giro Sustentável, do Instituto GRPCOM, discute o papel dos consumidores para as transformações sociais.

"O mundo dá voltas, gira até chegar no mesmo lugar. E muita coisa continua exatamente do jeito que era". Com essa reflexão inicial, de um vídeo de consultoria empresarial em responsabilidade social, o Instituto GRPCOM apresentou em seu post de ontem do blog Giro Sustentável alguns pontos a serem pensados sobre o papel não só das empresas e do governo, como também dos cidadãos e consumidores em relação ao desenvolvimento sustentável.

"A reflexão sobre nossa responsabilidade diante deste mundo/imundo passa pela nossa condição de cidadãos e por isso temos que cobrar as mudanças de nossos governantes. Todavia, somos também consumidores e neste sentido podemos pressionar as empresas para que desenvolvam atividades socialmente responsáveis. Afinal, das 100 principais economias mundiais, metade delas não são países – mas sim, grandes corporações".

Para ler o post do blog na íntegra, clique aqui.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.