21/03/2011

Lixões paranaenses devem ser eliminados até 2014

Iniciativa é uma das metas do estado para cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)

 
Em 28 de fevereiro, o governo do Paraná anunciou que até agosto de 2014 os lixões a céu aberto deverão ser eliminados do estado. Estados e municípios deverão elaborar seus planos para resíduos sólidos de acordo com as diretrizes propostas pela Secretaria Nacional de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano, a qual prevê incentivo à reciclagem e aproveitamento aumento da coleta seletiva e formação de consórcios intermunicipais para construção de aterros sanitários.
 
Desafios
No estado, os lixões estão localizados em cidades com até 20 mil habitantes. O custo da construção de um aterro é de R$ 300mil, e o custo mensal de manutenção, em média, é de R$ 100 mil. Por isso, o maior desafio é tornar os aterros um negócio interessante e viável, evitando que eles se transformem em lixões.
 
Saiba mais sobre a Política Nacional de Resíduos e os desafios do Paraná com a nova legislação nas matérias publicadas pelo Jornal Gazeta do Povo.
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.