14/12/2015

Ler e Pensar e Televisando realizam Pesquisa de Impacto

Objetivo da pesquisa é entender a relevância dos projetos nas famílias e comunidade

                                 

O Ler e Pensar, projeto desenvolvido pela Gazeta do Povo e Instituto GRPCOM, divulgou nesta semana os resultados da Pesquisa de Impacto realizada com alunos participantes e suas famílias. A pesquisa é realizada desde 2014 para mensurar o impacto social do projeto. Num universo de 98.665 estudantes que participaram das atividades neste ano, o Instituto GRPCOM recebeu 3.248 respostas de famílias e 3.005 de alunos.

Um dos principais resultados identificados é que 97% dos pais e responsáveis afirmam que o Ler e Pensar é importante para a sua família, pois auxilia no desenvolvimento escolar e estimula o conhecimento geral. Também, 91% dos respondentes acreditam que seus filhos evoluíram em hábitos de leitura desde o início do projeto. Já a pesquisa de estudantes revelou que 64% dos alunos têm o hábito de ler todos os dias. Participaram da pesquisa alunos de Ensino Fundamental ao Médio. 

"Para nós é sempre uma surpresa ver o engajamento das famílias e alunos ao responderem nossa pesquisa. Coletar esses dados e verificar que nosso trabalho está dando resultados é gratificante para toda equipe", comenta Antoniela Amil, assessora pedagógica do Ler e Pensar. 

Pesquisa é novidade no Televisando

O Televisando, projeto desenvolvido pela RPC e Instituto GRPCOM, realizou de forma inédita em 2015 a Pesquisa de Impacto com famílias de alunos participantes do projeto. O principal objetivo da pesquisa foi mensurar se os pais de alunos que participam do projeto perceberam mudanças – tanto positivas quanto negativas – no comportamento escolar e na criticidade dos alunos.

O questionário foi aplicado em turmas de 36 escolas do interior Paraná e respondido por 760 famílias. Um dos principais resultados obtidos é que 80% das famílias consideram o Televisando importante para a educação do seus filhos. A favorabilidade geral da pesquisa também ficou em 80%, número bastante significativo. 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.