04/11/2010

Lei estadual deve balizar educação ambiental nas escolas do Paraná

Tanto na rede pública como na particular, a educação ambiental é uma área que começa a ganhar destaque especial desde a estruturação do projeto pedagógico da escola.

   Marcelo Elias/ Gazeta do Povo                 
 
As escolas têm papel fundamental em relação à consciência ambiental. Quem tem filho pequeno sabe que basta a professora desenvolver um trabalho com a turma sobre a importância da reciclagem para que os pais se vejam em apuros sempre que misturarem papel com detritos orgânicos, por exemplo. No entanto, a forma como o assunto é tratado em sala de aula pode interferir nos resultados.
 
Por isso, está sendo pensada uma formatação do modelo de educação ambiental, a nível estadual. A expectativa é que, ainda este ano, seja aprovada uma lei neste sentido, que possa ser aplicada nas escolas e também fora delas, a partir de 2011. A discussão tem acontecido entre representantes da Secretaria Estadual de Educação e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
 
A minuta do projeto contempla contratações de pessoal para a política estadual de educação ambiental e a definição do órgão gestor, que inclui outras secretarias e empresas públicas para gerir a educação ambiental no Paraná. Depois de aprovado internamente pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente, o esboço segue para o governo estadual e os deputados estaduais. Depois de sancionada, a lei valerá para as escolas públicas e particulares da educação básica.
 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.