10/06/2011

Jovem dá lição de otimismo

Nem acidente de moto fez com que Juliana desistisse de seus sonhos

 
Em Curitiba, 37 dias depois de ter amputado uma das pernas, por causa de um acidente de moto, Juliana Batistel colou grau no curso de Relações Públicas. A formanda, uma das animadas da turma, está redescobrindo a vida e, com improvisos, se adaptando à nova condição física.
 
Enquanto a jovem não pode utilizar uma perna mecânica, que custa R$23 mil, as muletas e cadeiras de rodas dão aquela ajuda para que ela continue com suas atividades normalmente. Clique aqui e se contagie com o otimismo de Juliana mostrado na reportagem de Cristina Graeml para o telejornal Paraná Tv 1ª edição.
 
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.