11/12/2013

Instituto leva tema Sustentabilidade para reunião de gestores do GRPCom

Foram apresentados os cases do Grupo Boticário e da Votorantim Cimentos, ambas premiadas no Guia Exame de Sustentabilidade

Uma manhã inteira para conversar sobre o tema Sustentabilidade e conhecer cases de empresas que investem no desenvolvimento socioambiental. Essa foi a proposta da última edição do Clube do Gestor 2013, realizada nesta quarta-feira (11), em Curitiba. O encontro é promovido pela área de Gestão de Pessoas do Grupo Paranaense de Comunicação e tem como objetivo reunir gerentes e coordenadores das diversas unidades de negócios da empresa para discutirem temas relevantes.

Dessa vez o encontro contou com a parceria do Instituto GRPCom, que articulou a participação do Grupo Boticário e da Votorantim Cimentos no evento. As duas empresas, premiadas recentemente pelo Guia Exame Sustentabilidade 2013 que reconhece empresas brasileiras que são exemplo de responsabilidade socioambiental, apresentaram seus modelos de sustentabilidade e os processos que seguiram para inserir o tema na estratégia de seus negócios.

A gerente do Instituto GRPCom, Ana Gabriela Simões Borges, também apresentou os dados mais recentes sobre atuação do Instituto na comunidade e compartilhou os últimos indicadores sociais dos principais projetos desenvolvidos: Serviços e Cidadania; Ler e Pensar; Televisando o Futuro e Corda Bamba.

Receita de sustentabilidade: simplicidade

Criar um modelo de sustentabilidade para um negócio tão complexo como o do Grupo Boticário não é tarefa simples. Mas foi com simplicidade que a diretora executiva e gerente de sustentabilidade do Grupo, Malu Nunes, conseguiu que o tema ganhasse a importância necessária junto à governança da empresa. “Procuramos deixar a matriz de sustentabilidade o mais simples possível, mostrando pequenas mudanças em alguns processos ou novos caminhos para que nosso negócio tivesse cada vez menos impacto ambiental”, disse.

Mestre em Conservação da Natureza e Ciências Florestais e especialista em Manejo de Áreas pela Universidade do Estado do Colorado (Colorado State University), nos Estados Unidos, Malu explicou que para chegar ao modelo atual de sustentabilidade – que abrange toda a empresa -, o grupo traçou uma estratégia em cima dos temas mais críticos de sustentabilidade impactados pelo negócio. Trabalho que durou um ano, segundo Malu. Atualmente, o Grupo atua para levar a ecoeficiência aos processos industriais e com programas e iniciativas que contemplem todos os elos da cadeia produtiva.

Em busca do desenvolvimento local

A atuação social da Votorantim Cimentos foi apresentada por Fernanda Ramos, responsável pela área de responsabilidade social da regional sul da empresa. Assistente social e especialista em Gestão Social e em Recursos Humanos, Fernanda atua há 11 anos na área e dentro da Votorantim contribui para que a empresa alcance seu principal objetivo com a atuação social: o desenvolvimento local.

De acordo com a profissional, o investimento social é feito por meio de projetos nas comunidades impactadas pelo negócio. “Nós seguimos algumas etapas que nos dão subsídios para desenvolver os projetos. A primeira delas é a caracterização, em que fazemos um diagnóstico das necessidades sociais locais para verificar se vamos atuar e qual foco daremos ao trabalho”, disse. Ela explica que o trabalho é feito em conjunto com o Instituto Votorantim, criado em 2002 para elaborar políticas e diretrizes com o objetivo de orientar o investimento social do Grupo Votorantim.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.