17/09/2012

Instituto GRPCOM realiza encontro para delinear Planejamento Estratégico

Além de discussões sobre metas para o próximo ano, o evento contou com o Curso de Indicadores do Orbis

A equipe do Instituto GRPCOM esteve reunida nos dias 11, 12 e 13 de setembro no hotel San Juan, centro de Curitiba, para estruturar e discutir as ações previstas no planejamento estratégico para o próximo ano. Além de Curitiba, representantes do IGRPCOM nas regionais de Guarapuava, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá, Londrina e Ponta Grossa também estiveram presentes e, dessa maneira, cada um pode opinar sobre novas ações e novos projetos para o Instituto.

O ponto alto do planejamento foi o curso do Orbis – Observatório de Indicadores de Sustentabilidade, ministrado pela equipe Sesi/Senai/Iel com as palestrantes  Diva Irene da Paz Vieira, Isabela Drago e Yara Prates. O objetivo do Observatório está em promover o desenvolvimento sustentável, através de estudos, análises e monitoramento de indicadores que apoiem processos de reflexão e a tomada de decisão sobre os rumos do Paraná.  A equipe explicou as funcionalidades das ferramentas de diagnóstico e auxiliou a explorar todos os dados divulgados, bem como sua interpretação. Durante o curso , foi abordado como concretizar dados sociais que por vezes são bastante subjetivos. A inclusão desses dados resulta em um salto qualitativo, já que com ele é possível garantir a precisão nos diagnósticos sociais.  Além disso, utilizar os indicadores permite encantar o usuário devido à informação do status do projeto. A equipe apresentou o Sistema DevInfo, um sistema de Monitoramento do Desenvolvimento Local que possibilita a consulta e criação de tabelas, gráficos e mapas com indicadores sociais, demográficos e econômicos de todo o Paraná, separados por mesorregião e municípios.

Para Diva é imprescindível saber usar as informações em mãos. “As empresas podem potencializar seus projetos se trabalharem a partir de informações seguras da localidade onde atuam. A medida que as empresas definem seus projetos com essas informações, sabem o tamanho do desafio que enfrentarão”, explica a integrante da equipe do Observatório Sesi/Senai/Iel. Everton Renaud, colaborador do IGRPCOM acrescenta que o curso foi bastante positivo. “Conhecer os indicadores existentes e poder refletir sobre as formas de análise e associação das informações já coletadas fará com que estejamos mais atentos na elaboração dos trabalhos de acordo com a situação de cada localidade”, afirma. Clarice Lopez de Alda, diretora do Instituto GRPCOM, conclui "O Orbis nos mostrou uma ferramenta que vai qualificar os nossos projetos, além de permitir ao IGRPCOM entender a realidade das localidades onde atuamos".

 Elaine Tezza, representante do IGRPCOM em Foz do Iguaçu participa pelo segundo ano do encontro e afirma ser bastante produtivo. “Estar reunido com a equipe é ótimo, principalmente para as regionais, pois estamos distantes. O encontro para planejamento estratégico é a melhor maneira para alinharmos os projetos e é também uma forma de integração da equipe”, conclui.
 

  

 

 

 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.