02/09/2010

Iniciativa ajuda entidades que atendem pessoas com dependência química

Parceiros cadastrados no Conselho Municipal sobre Drogas de Foz do Iguaçu podem fazer doações para ajudar no tratamento.

Comunidades terapêuticas de Foz do Iguaçu, que atendem dependentes químicos da região e também de outros estados, necessitam de contribuições para poder se manter. Por isso, uma iniciativa do Conselho Municipal sobre Drogas da cidade (COMAD/FI) vislumbrou a criação de uma parceria com comerciantes, a fim de garantir recursos para financiar o tratamento.
 
No último dia 26/08, o telejornal Bom Dia Paraná, da RPCTV, fez uma entrevista com Camilo Antônio de Lima, que é presidente do Conselho. Como forma de agradecer pela oportunidade de divulgação do projeto, ele enviou um e-mail para o Instituto RPC contando que a entrada da Rede Paranaense de Comunicação, por meio do IRPC, como entidade representativa no COMAD, tem ajudado muito na conscientização popular na prevenção e conscientização da alta complexidade do tratamento.
 
“Através da mídia com o poder da RPC, acreditamos que o nosso trabalho gere cada vez mais políticas públicas e não políticas partidárias”, afirmou Camilo. “Todos os conselheiros agradecem essa participação ativa do instituto RPC”, finalizou.
 
Assista abaixo à entrevista de Camilo de Lima para a repórter Francine de Souza:

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.