11/05/2011

IGRPCOM comemora uma década de bons resultados na área social

Responsável por projetos como o Ler e Pensar, Televisando o Futuro e Serviços e Cidadania, o Instituto já beneficiou mais de um milhão de pessoas, entre atendimento direto e indireto, ao longo de seus 10 anos de história.

O tom foi de agradecimento – a todos os parceiros, colaboradores, diretores, ex-funcionários… E a festa de comemoração pelos 10 anos do Instituto GRPCOM, hoje pela manhã, no Graciosa Country Club, em Curitiba, foi uma ótima oportunidade de confraternizar e de reforçar a importância do envolvimento de todos nos projetos desenvolvidos pelo braço social do Grupo Paranaense de Comunicação.  

O evento contou com a participação de José Roberto Marinho, presidente da Fundação Roberto Marinho, conforme noticiou a reportagem do Paraná TV 1ª Edição de hoje. Discursaram também o presidente do Instituto GRPCOM, Mariano Lemanski; e a diretora-executiva Clarice Lopez de Alda. Enquanto Mariano enfatizou o alinhamento do Instituto com os objetivos estratégicos do Grupo, Clarice falou do direcionamento para estar cada vez mais próximo da comunidade.

“Todo o trabalho que o IGRPCOM desenvolve é sustentado pelos mesmos valores, premissas e prerrogativas cidadãs que são observados na nossa organização”, afirmou Lemanski. Clarice, por sua vez, fez questão de resgatar a história, lembrando nomes de pessoas que contribuíram para a consolidação do trabalho desenvolvido, além de comemorar a expansão do Instituto, alicerçada pelas parcerias estabelecidas: “Em uma década, construímos uma história para muitas que ainda virão. Mas só estaremos aptos a escrevê-las se pudermos continuar contando com a confiança, o apoio, a parceria e a cumplicidade de todos os que acreditaram em nossos propósitos e objetivos”, ressaltou.
 
Os 10 anos do Instituto GRPCOM tiveram repercussão também em outros veículos do Grupo. Além da reportagem exibida pela RPCTV, o Instituto foi mencionado também nas programações das rádios 98FM e Mundo Livre, além de ter merecido reportagem especial no caderno Vida e Cidadania, da Gazeta do Povo. A condição de “braço social e presença interessada” também foi tema do post de hoje do blog Giro Sustentável.
 
Parte da equipe do Instituto, no novo espaço do escritório das mercês, em Curitiba: comunicação e responsabilidade social

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.