02/06/2011

Fábrica paranaense recicla 3,4 milhões de baterias

Além de contribuir para o meio ambiente, a matéria prima é enviada para a indústria de chumbo

 
As pilhas e baterias são produzidas com materiais altamente poluentes, por isso não podem ser descartadas em aterros sanitários. No Paraná, uma indústria localizada em Tamarana (cidade aproxima de Londrina), faz a reciclagem desses produtos desde 1995.
 
Só no ano passado, a indústria reciclou 34,5 mil toneladas de pilhas e baterias que foi enviada para a indústria do chumbo. Os produtos velhos são recolhidos quando os consumidores compram novas baterias em lojas. Mas em alguns casos há empresas que utilizam grande quantidade de baterias e enviam diretamente seus descartes para a indústria responsável pela reciclagem.
 
Clique aqui para saber mais sobre o assunto, na matéria de Vinicius Boreki, para o Jornal Gazeta do Povo.

 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.