23/03/2011

De Tiradentes à higiene bucal

Ler e Pensar – Trabalho desenvolvido em Campina Grande do Sul comprova como a leitura do jornal pode gerar projeto grandioso de conscientização

Tudo começou com uma dor no dente. A reclamação era recorrente entre os alunos de 2º ano da Escola Antônio de Carvalho, e as professoras Roseli Vicentin e Elieda dos Passos Freitas Maciozek, diante de tantas reclamações, resolveram criar um projeto para ajudar a combater os problemas dentários dos alunos.

Estimuladas pela supervisora educacional, Maria Rita Paula Lima, as professoras iniciaram o projeto identificando matérias da Gazeta do Povo que retratassem temas como dentição, profissão do dentista e higiene bucal. E folheando os cadernos do jornal, descobriram que notícias não faltavam: homenagem a Tiradentes, costumes sul-africanos envolvendo arcada dentária, alimentação e cárie…

As professoras desenvolveram em seguida atividades lúdicas que facilitavam a aprendizagem, estimulando o prazer da leitura e consolidando o conceito de higiene bucal. “O tema já era trabalhado em sala, mas dessa vez foram apresentadas dramatizações, músicas, paródias teatro de fantoches, confecção de jogos, cartazes, folhetos informativos…”, explicam as professoras.

Envolvimento comunitário

Na segunda fase, o projeto apostou na mobilização da comunidade: até os familiares das crianças participaram das atividades desenvolvidas pelos alunos, que levavam as matérias do jornal para casa. “Com o conhecimento adquirido, ficou evidente que os alunos acabaram passando a discussão adiante e envolvendo os pais, já que eram frequentes os comentários sobre os cuidados dos dentes”, conta a professora Elieda Maciozek. Ela acrescenta que “o objetivo era diminuir a incidência de cárie dental e incentivar a escolha de alimentos saudáveis, alem de estimular a doação de dentes para o banco de dentes da UFPR, mostrando a importância da doação de órgãos mediante autorização por escrito do doador”.
 
Grandes parcerias
 
A partir desse momento, o projeto tomou proporções gigantes: foi estabelecida uma parceria com a Universidade Federal do Paraná, que passou a receber a doação dos dentes da escola e a oferecer orientação sobre medidas preventivas para os alunos, na própria universidade. Ao final, todos saíram ganhando com os resultados obtidos: compreenderam que para uma melhor qualidade de vida, a prática de uma alimentação saudável é primordial também para a saúde dos dentes. Outra conclusão da atividade foi a importância da utilização do jornal como recurso pedagógico: conhecer e manusear o meio de comunicação dentro da realidade do aluno propiciou o enriquecimento da aprendizagem em todos os âmbitos.
 
Confira os depoimentos de alunos envolvidos no projeto.
                                                    
 “Com a Gazeta a gente criou um monte de perguntas e atividades. Adorei ir na universidade e aprender como escovar os dentes. Meus pais agora sabem como escovar e por isso agradeceram as professoras, a diretora e a universidade”. Bruno Henrique dos Santos, aluno de 3º ano da Escola Municipal Antônio José de Carvalho – Campina Grande do Sul.
 
"Adorei tudo no projeto! Fizemos de tudo, até escolher um nome para o jornal". Juliana Leal Martins, aluna da 4a série da Escola Municipal São Grabriel – Fazenda Rio Grande.
                              

“O que eu mais gostei no projeto foi por o xizinho na folha de papel para saber quando escovei os dentes. O meu pai fumava bastante e quando eu expliquei para ele como escovar os dentes ele parou de fumar e os dentes dele ficaram branquinhos”. Grazielly da Maia Santana, aluna de 3º ano da Escola Municipal Antônio José de Carvalho – Campina Grande do Sul.
 
"A gente fez um texto para o jornal e ainda aprendeu muito sobre o trabalho infantil. Eu gostei do trabalho, pois a gente teve que entrevistar nossos pais também". Elen Cristina Furtuoso Rosa, aluna da 4a série da Escola Municipal São Grabriel – Fazenda Rio Grande.
 
 
* Esta notícia foi publicada na edição nº 154 do Boletim de Leitura Orientada (BOLO), jornal quinzenal com sugestões para o uso pedagógico do jornal, direcionado aos professores participantes do projeto Ler e Pensar.
 
 

 
 
 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.