18/03/2011

Casa no centro histórico de Curitiba abrigou casal foragido do nazismo nos anos 30

Reportagem resgata a importância histórica do imóvel localizado na rua Riachuelo

Em 2009, a partir de um projeto de revitalização do Centro Velho de Curitiba (região do São Francisco dominada por cortiços, tráfico de drogas e prostituição), a casa antiga que ocupa o número 407 da rua Riachuelo começou a chamar a atenção dos frequentadores do local.
 
Além do comércio, a região apresenta um dos principais conjuntos arquitetônicos da cidade. Por isso foi escolhida para passar por reformas. A casa em específico, pela sua imponência e elegância, incita a pergunta: quem morou ali? Do outro lado da rua, uma das herdeiras desvenda a história.
 
Durante 40 anos, ali viveram dois sobreviventes do nazismo, Dora e Israel Chaim Lerner, judeus que compraram a mais bela casa estilo Belle Époque e a transformaram em um ponto de encontro da comunidade judaica. Após a morte dos proprietários, na década de 80, o imóvel foi adquirido por um microempresário que desconhecia a história dos antigos moradores.
 
Clique aqui para conferir na íntegra a reportagem de José Carlos Fernandes, veiculada no jornal Gazeta do Povo, e que conquistou no mês passado o prêmio “Engenharia e Arquitetura Brasileira”, promovido pelo Instituto de Engenheiros do Paraná (IEP).
 
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.