14/04/2011

Capitais brasileiras se unem para conseguir metrô

Nove cidades disputam R$18 milhões em recursos federais para execução de projetos de mobilidade

 
As prefeituras de Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte decidiram unir esforços para tentar garantir que seus projetos de metrô sejam contemplados com recursos federais. A capital paranaense pretende conseguir cerca de R$1,8 bilhão, cerca de 80% do valor necessário para a construção da primeira fase do metrô, entre o terminal do bairro Cidade Industrial e a rua XV, no centro da cidade, com 14,2 quilômetros de extensão.
 
Além dessas cidades, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Recife, Fortaleza e Salvador também estão interessadas nos R$ 6 bilhões de fundo perdido (dinheiro que não precisa ser devolvido) e nos R$12 bilhões de financiamento.
 
O projeto do metrô curitibano já foi apresentado à sociedade civil. Além dos quase R$1,8 bilhão, o prefeito espera conseguir outros R$ 400 milhões que faltam com financiamento do governo federal. Além disso, o custo da obra pode ser reduzido em até R$200 milhões com a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Se tudo der certo, a intenção é iniciar as obras em 2012 e terminar em 2016.
 
Clique aqui para conferir na reportagem de Vinicius Boreki, para o Jornal Gazeta do Povo, outras informações sobre o projeto de metrô para a capital paranaense, inclusive imagens de como será a estrutura do sistema.
 
 
 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.