05/01/2011

As notícias ao alcance das mãos

Professora enriquece aulas e promove aprendizado entre estudantes de Curitiba disponibilizando notícias em forma de varal. Atividade conta com o apoio do projeto Ler e Pensar, do Instituto GRPCOM.

Com o objetivo de incentivar a leitura de jornais, explorando e conhecendo os diversos gêneros textuais presentes na Gazeta do Povo, as professoras Luciane Turek e Lucimara dos Anjos, da Escola Municipal Alvaro Borges, em Curitiba, criaram o Varal Jornalístico. “Com os textos ao alcance das mãos, os alunos podiam consultar sempre a Gazeta, não apenas nos momentos em que a professora conduzia a atividade”, lembra Luciane. As duas professoras atuavam com a mesma turma de 2º ano, mas Luciane detinha-se com os estudantes com dificuldades de aprendizagem. “Para eles, o jornal é um excelente instrumento de trabalho, porque desperta o interesse e incentiva o aprendizado”, conta ela.
 
A professora Lucimara, por sua vez, lembra que a aceitação para o uso do jornal foi imediata entre a turma. “Os alunos, alvoroçados, liam com avidez, olhavam as imagens e compartilhavam exclamações com os colegas”, lembra. Ela conta que, em uma das atividades promovidas ao longo do ano, ao observarem imagens antigas de Curitiba, foi possível integrar o aprendizado das disciplinas de História, Ciências, Língua Portuguesa, além de incentivar a leitura, interpretação de textos, ampliação do vocabulário. “Foi uma atividade muito rica, que mostrou para os alunos que a cidade de Curitiba, além de preservar sua história também tem se preocupado muito com o meio ambiente”, afirma.
 
A ideia de utilizar o Varal complementou a utilização semanal dos materiais pelas professoras. “Sempre que um aluno finaliza alguma atividade, nós o convidamos a ler os jornais dispostos na sala. Nós o trocamos sempre e isso atrai a atenção dos alunos, que querem conferir as novidades. É muito bom saber que a leitura desperta este interesse entre os estudantes”, comemora Luciane.
 
Outro ponto fundamental do uso do jornal é apontado por Luciane: “a rotina de trabalho semanal com a Gazeta do Povo complementou o aprendizado de nossos alunos, ajudando a se tornarem melhores leitores e escritores, além de ser um recurso maravilhoso que vem enriquecer as nossas aulas”, finaliza. 
 
* Esta notícia foi publicada na edição nº 141 do Boletim de Leitura Orientada (BOLO), jornal quinzenal com sugestões para o uso pedagógico do jornal, direcionado aos professores participantes do projeto Ler e Pensar.

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.