08/05/2013

98FM nas escolas 2013 é lançado no Pilarzinho, em Curitiba

Neste ano, o projeto vai acontecer no Colégio Estadual Bento Munhoz da Rocha Neto

Os alunos do Colégio Estadual Bento Munhoz da Rocha Neto, no Pilarzinho, Curitiba, estão bastante empolgados. Isso porque nesta terça-feira, dia 07 de maio, aconteceu a primeira oficina do 98 FM nas escolas, iniciativa que promove o uso do rádio buscando incentivar a expressão dos estudantes e desenvolver a cidadania. Além disso, os alunos se tornam protagonistas em sua escola, compartilhando com os colegas seus conhecimentos e desenvolvendo a programação de rádio. Os alunos participantes são do 5° ao 8° ano, e terão oficinas de rádio, protagonismo juvenil e cidadania, ministradas pela equipe da 98FM e por Giovani Cesconetto, diretor do Parque da Criança, e Vanessa Tauscheck, do Centro de Ação Voluntária respectivamente.

As oficinas do projeto são desenvolvidas em parceira com o Programa Mais Educação do MEC e com a Secretaria Estadual de Educação (SEED), em escolas que já possuem oficinas de rádio.

Essa oficina foi ministrada pela equipe da rádio 98fm, com Rubens Eduardo Pazdziora, analista de Marketing; Marcelo Ortiz, coordenador de Esportes; Francine Lopes, produtora de Esportes; Guilherme de Paula, comentarista Esportivo; Fernando Jr, comunicador; Francisco Passerino, sonoplasta; Jefferson Máximo, técnico de áudio e Tarcísio Barth, sonoplasta; além da responsável pelo projeto no Instituto GRPCOM, Marina Buschmann. Os alunos então se dividiram em equipes para estudar cada área de uma rádio. Para ela, os alunos estavam animados com a ideia de aprender a manusear nos equipamentos de som. “Os alunos estavam motivados, e isso fez surgir novas ideias na turma”, afirmou.

Após a apresentação do cronograma do projeto, que vai até julho, a primeira atividade foi o quadro de “Combinados”. Nele, os alunos listaram juntamente com Marina quais regras deveriam ser estabelecidas para que a oficina consiga alcançar o máximo de aprendizado.  Para a aluna Stefhany Cristina, do 7º ano, o projeto permite que os alunos saibam melhor utilizar os recursos disponíveis. “Foi interessante demais, pois eu gostei bastante do professor, da aula e em saber que poderemos trabalhar na nossa própria rádio”, conclui.

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.