18/05/2011

80% das escolas aderem ao projeto Televisando o Futuro

Projeto coloca a for

 
A edição de 2011 do projeto Televisando o Futuro contará com a participação de 503 escolas públicas do Paraná, número que representa 80% das escolas presentes em 22 municípios do estado. Nas cidades de Carambeí, Castro, Cianorte, Ivatuba, Maringá, Medianeira, Ponta Grossa e Paranavaí a adesão foi de 100%.
 
“As adesões superaram as expectativas, já que o ano letivo está na metade e dificilmente as escolas participam de projetos nesse período”, explica a coordenadora de projetos do IGRPCOM, Ana Gabriela Borges. Em relação à edição do ano passado, as adesões ao projeto cresceram cerca de 20%.
 
O projeto, desenvolvido pela RPCTV e Instituto GRPCOM, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, Instituições de Ensino Superior e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PR), este ano abordará a educação ambiental sob quatro aspectos: biodiversidade, reciclagem, água e mudanças climáticas.
 
Próximas etapas
 
Em maio, uma equipe multidisciplinar do Instituto GRPCOM irá realizar a formação dos professores em mídia e educação, orientando como explorar o potencial pedagógico da televisão em sala de aula. Em junho serão exibidas as reportagens para estimular o debate entre alunos, professores e família, a partir dos quais os estudantes serão incentivados a escrever redações ou fazer ilustrações para participar de um concurso cultural, realizado entre julho e novembro em três fases: municipal, regional e estadual. Os professores também poderão concorrer na categoria transformação social.
 
 Confira abaixo a lista com o número e percentual de escolas, em cada município, que aderiram ao projeto:
   
– Ponta Grossa: 81 adesões (100%);
– Carambeí: 6 adesões (100%);
– Castro: 27 adesões (100%);
– Guarapuava: 31 adesões (72%);
– União da Vitória: 23 adesões (96%);
– Irati: 19 adesões (70%);
– Maringá: 45 adesões (100%);
– Ivatuba: 1 adesão (100%);
– Campo Mourão: 20 adesões (92%);
– Foz do Iguaçu: 20 adesões (38%);
– Francisco Beltrão: 10 adesões (48%);
– Medianeira: 13 adesões (100%);
– Pato Branco: 24 adesões (93%);
– Paranavaí: 18 adesões (100%);
– Cianorte: 13 adesões (100%);
– Umuarama: 12 adesões (70%);
– Londrina: 34 adesões (43%);
– Apucarana: 36 adesões (99%);
– Cambé: 13 adesões (76%);
– Cascavel: 24 adesões (43%);
– Toledo: 22 adesões (63%);
– Marechal Cândido Rondon: 11 adesões (65%).
 
 

 

 

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.